Comissão de Infraestrutura prioriza ferrovias em emendas

Três das cinco emendas que a Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) pode apresentar ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 visam à ampliação da malha ferroviária brasileira. A primeira entre as emendas aprovadas na comissão nesta quarta-feira (14) estabelece como meta a construção de um ramal, na Paraíba, para a Ferrovia Transnordestina, e foi apresentada pelo senador Cícero Lucena (PSDB-PB).

As outras duas determinam a construção de trecho na Estrada de Ferro Paraná Oeste (Ferroeste), entre Maracaju, no Mato Grosso do Sul, e Cascavel, no Paraná, e de ligação entre Palmas e Uruaçu (GO), na Ferrovia Norte Sul. As emendas foram propostas, respectivamente, pelos senadores Waldemir Moka (PMDB-MS) e Wilder Morais (DEM-GO).

Os senadores da CI também acolheram emenda da senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO) para duplicação da rodovia BR 452, em trecho que passa pelo município goiano de Rio Verde, importante polo de produção de grãos. Aprovaram ainda emenda de Acir Gurgacz (PDT-RO) para incluir como meta a duplicação da BR 364, no trecho entre Porto Velho e Vilhena (RO).

O relator das emendas ao projeto da LDO, senador Francisco Dornelles (PP-RJ), rejeitou outras 16 emendas de mérito e acatou cinco emendas que modificam o texto da lei, todas relativas a aspectos de execução e fiscalização de obras e serviços.

Fonte: Agência Senado, 14/08/2013  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima