CBTU: Secretário de Transportes defende pagamento

Em entrevista ao Expresso REFER do mês de agosto, secretário de Transportes do Estado do Rio de Janeiro Carlos Roberto Osório defende pagamento da dívida: CBTU

A melhoria da mobilidade urbana nos grandes centros, notadamente no Estado do Rio de Janeiro, é consequência da especial atenção da Secretaria de Transportes. Como o Secretário Carlos Osório vê a importância do transporte ferroviário de passageiros?

 

Carlos Roberto Osório – Para nós, o transporte ferroviário de passageiros deve ser a espinha dorsal do sistema de transporte público. Temos mais de 270 km de trilhos, 102 estações na Região Metropolitana e o potencial de, por meio do transporte ferroviário, oferecermos qualidade e respeito ao cidadão. Estamos fazendo um esforço muito grande para recuperar esse sistema que não foi priorizado durante décadas, mas agora reencontra um novo caminho com aquisição de novos trens, valorização dos profissionais ferroviários e a melhoria da qualidade de serviço. Nossa meta é chegar em 2018 transportando, novamente, 1 milhão de passageiros por dia.

 

Expresso REFER – A Central Logística, precursora do transporte ferroviário de massas, hoje a cargo da Supervia, é uma das principais patrocinadoras dentre os oito planos de previdência administrados pela Fundação REFER, oriunda da estadualização das atividades ferroviárias de transporte urbanos implementada pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU, detentora de dívida contratada há 15 anos com a Fundação REFER, que tem reflexos na garantia da aposentadoria de milhares de ferroviários da Central. De que forma o senhor poderá ajudar para que a CBTU honre seus compromissos com

a Fundação REFER, proporcionando o equilíbrio do Plano de Benefícios da Central Logística e, consequentemente, garantindo a continuidade dos pagamentos de benefícios aos milhares de ferroviários aposentados e suas famílias?

Carlos Roberto Osório: A diretoria da empresa Central vem há algum tempo atuando

diligentemente, em conjunto com a REFER, CBTU, CPTM, CTB e METROFOR, que também

são igualmente afetadas pela dívida da CBTU, para que os órgãos do Governo Federal,

responsáveis pela liberação de recursos, autorizem a CBTU recontratar essa dívida junto

à REFER. Já foi enviada notificação ao Ministério do Planejamento e Secretaria de

Orçamento Federal, subscrita pelas empresas Central, CPTM, CTB, METROFOR, CBTU e

REFER, solicitando a inclusão do pagamento da dívida no orçamento da CBTU. A Secretaria de Transportes, a qual a empresa Central está vinculada, fará todos os esforços possíveis para que a CBTU e o Governo Federal honrem o pagamento da dívida com a REFER, de forma a dar tranquilidade às milhares de famílias de ferroviários.

Confira a entrevista direto no site da REFER www.refer.com.br

6 comentários em “CBTU: Secretário de Transportes defende pagamento”

  1. Pingback: ufabtb

  2. Pingback: Sexy baccarat เล่นฟินได้ที่ Lsm99 ได้แล้ววันนี้

  3. Pingback: situs toto 2024

  4. Pingback: ราคาบอลวันนี้

  5. Pingback: Russians own bitcoin: Should we ban it?

  6. Pingback: คลินิกปลูกผม นครสวรรค์

Deixe um comentário

Rolar para cima