O Rio nos trilhos: transporte ferroviário é tema do OsteRio

Em tempos de protestos contra os ônibus, o transporte ferroviário e a sua necessária qualificação é tema do quinto OsteRio de 2013, segunda-feira, dia 17.  Dois arquitetos e urbanistas –  Sergio Magalhães, presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), Vicente Loureiro, Subsecretário de Urbanismo Regional e Metropolitano da Secretaria de Estado de Obras, serão os palestrantes do encontro intitulado “O Rio nos trilhos: como reinventar os ramais ferroviários da região metropolitana do Rio e seu entorno”.

 

O tema é um dos mais importante para a qualidade de vida e o desenvolvimento no Estado. Segundo dados do economista Mauro Osorio, baseados no Censo de 2010, a região metropolitana do Rio de Janeiro, 28,6% da população leva mais de uma hora para chegar ao trabalho.  Em municípios como Japeri (52%), Queimados (46%) e Belford Roxo (43%) este percentual é bem maior.  A longa jornada, além de impor grandes sacrifícios aos passageiros, impede esta população de aproveitar estas horas com estudo, lazer ou descanso.

Sergio Magalhães, doutor em urbanismo e professor do programa de pós-graduação em Urbanismo da UFRJ, foi secretário municipal de Habitação do Rio de Janeiro (1993-2000). Articulista do jornal  O Globo, é um dos maiores advogados de investimentos públicos na rede ferroviária. “Quando a cidade precisou se expandir para além da área que hoje chamamos de Centro, ela o fez apoiada pelos trilhos. Na Zona Norte, ampla e larga, ainda no século XIX construiu as linhas ferroviárias suburbanas. Na Zona Sul, área restrita, foram os bondes que orientaram o crescimento. Os bondes ainda interligavam as ferrovias, em delicados percursos. Era uma boa estrutura”, escreveu ele, em um dos seus artigos.

Vicente de Paula Loureiro é pós-graduado como Gerente de Cidades pela Faap (Fundação Álvares Penteado) e tem extensa experiência na gestão pública. Ocupou cargos de secretário em Nova Iguaçu, Petrópolis, Barra Mansa e Paracambi. Desenvolveu o Projeto de Readequação do Plano Ferroviário da Cidade de Barra Mansa e  o Projeto de Implantação e Extensão da Via Light

Esta será a quinta edição de 2013 do OsteRio, série de debates criada por empresários e economistas para discutir o futuro do Rio de Janeiro. Os encontros realizados pelo IETS têm apoio da Light e da Osteria Dell’Angolo, restaurante em Ipanema, onde são realizados os eventos.

Debatedores:

– Sérgio Magalhães, presidente do IAB;

– Vicente Loureiro, Subsecretário de Urbanismo Regional e Metropolitano da SEOBRAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima