NT Expo: operadores apresentam investimentos

A MRS Logística, Metrô de São Paulo e SuperVia fizeram uma apresentação dos investimentos realizando e em andamento durante o seminário da Feira Negócios nos Trilhos, nesta terça-feira (05/11), em São Paulo.

O presidente da MRS, Eduardo Parente, explicou que a empresa investiu R$ 1,3 bilhão entre 1998 e 2002; outros R$ 2,8 bilhões entre 2003 e 2007; e R$ 5,9 bilhões estão sendo investidos de 2008 até este ano. Os aportes foram realizados em melhorias na malha; compra de material rodante; na cremalheira; na implantação do novo CCO; CBTC; máquinas de via; na Segregação Leste, no trecho compartilhado com a CPTM; entre outros.

Parente destacou que a MRS é a primeira ferrovia de carga do país a utilizar o sistema CBTC, implantado pela Wabtec. O sistema otimiza a operação e traz mais segurança. Além disso, o maquinista acompanha através do computador de bordo toda a operação no trecho em que está.

Ele destacou ainda que a MRS foi considerada o maior clientes mundial da GE Transportation em 2011.  Nos últimos anos, a empresa investiu R$ 600 milhões na compra de 110 locomotivas.  As máquinas estão sendo usadas na Ferrovia do Aço. Devido à rampa da linha, a empresa utiliza locomotiva no final do trem para ajudar a vencer as rampas da ferrovia. Quando chegavam à região de Bom Jardim essas máquinas retornavam. Com a aquisição das novas locomotivas, elas são desligadas a partir desse ponto e seguem viagem no trem.

Metrô SP

O presidente do Metrô de São Paulo, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, explicou o andamento das obras da companhia: a segunda fase da Linha 4-Amarela, a expansão da Linha 5-Lilás e a construção dos monotrilhos das linhas 15-Prata e 17-Ouro. Essas obras devem estar prontas até 2017, quando o sistema chegará a 135,4 km. Hoje, o metrô conta com 74,2 km. Estão sendo investidos R$ 15,1 bilhões nessas obras.

Em 2017, a expectativa é que o Metrô transporte 6,8 milhões de pessoas por dia. Hoje, a rede metroviária da capital paulista transporta 4,5 milhões de passageiros por dia, contando as baldeações entre linhas.

Com a implantação da Linha 6-Laranja, do monotrilho do ABC (Linha 18-Bronze); a extensão da Linha 2-Verde até a Dutra; e a extensão da Linha 4-Amarela até Taboão da Serra, o metrô terá 201,8 quilômetros em 2021 e a expectativa é que transporte 10 milhões de passageiros/dia.

Todos esses projetos totalizam R$ 27,4 bilhões. Boa parte desta verba é do governo do Estado de São Paulo. Os investimentos possuem ainda recursos da prefeitura de São Paulo e do Governo Federal, através de fundo perdido.

SuperVia

Já o diretor de operações da SuperVia, João Gouveia, apresentou o plano de investimentos da concessionária em parceria com o Governo do Estado do Rio. Através do acordo da renovação da concessão, quando a Odebrecht Transport assumiu o controle da SuperVia, ficou definido que o Estado investiria R$ 2,5 bilhões e a SuperVia outros R$ 1,2 bilhão. Os investimentos contemplados são modernização de sistemas, linhas e estações; compra e reforma de material rodante; novo CCO e implantação do ATP (Automatic Train Protection), fornecido pela Bombardier.

A implantação do ATP está sendo implantado na linha mais ocupada da empresa, Central-Deodoro, onde circula 60% dos passageiros. O sistema de proteção automática é capaz de aplicar emergência caso o maquinista erre. O ATP vai permitir reduzir o headway, colocando os trens mais próximos um do outro.

Em 1998 a operadora transportou 570 mil passageiros/dia. A previsão é que em 2012 esse número chegue a 1,2 milhão de passageiros/dia.  Em 2011 a companhia tinha 160 trens. Neste ano já são 190 trens. Com a chegada dos 60 trens encomendados da chinesa CNR e dos 30 encomendados a Alstom, a empresa aposentará seus 49 antigos trens de aço carbono em 2016.

Gouveia destacou que a empresa desenvolveu fornecedores nacionais para a implantação de seu novo CCO e explicou ainda que foi implantação um moderno sistema de comunicação nas estações e câmeras nos trens que permitem o CCO acompanhar a operação.

Fonte: Revista Ferroviária, 06/11/2013

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima