Demanda do MetrôRio aumenta em 70 mil passageiros

As mudanças no trânsito no Centro do Rio fizeram a demanda do metrô subir, em média, em 70 mil passageiros a mais por dia, segundo a Metrô Rio. A concessionária diz que ainda estuda formas para dar mais conforto aos usuários. Se nos horários de pico os passageiros encontravam os trens lotados, agora enfrentam ainda mais aperto.

O RJTV acompanhou a saga dos usuários do metrô no começo da manhã. Na Estação Central do Brasil, as plataformas estavam lotadas e os trens já chegavam também lotados. Quem precisava desembarcar, passava sufoco. Quem conseguia embarcar, seguia espremido no vagão. Agentes da estação chegaram a ter de ajudar no fechamento das portas, tamanha a lotação.

O Metrô Rio disse que aumentou a oferta em 40 mil lugares e que está preparado para o aumento no número de passageiros. Porém, reconheceu a necessidade de tomar medidas para melhorar o atendimento, principalmente no corredor Central-Botafogo, considerado o mais problemático. Tais medidas só deverão ser tomadas no final de março, depois da análise de estudos que serão feitos pela concessionária.

A frota do Metrô Rio tem, atualmente, 49 trens. Foram encomendados 15 novos, que só devem entrar em circulação em 2016, quando começa a operação da linha quatro – que vai ligar a Barra da Tijuca a Ipanema. O diretor de engenharia da concessionária, Joubert Flores diz que não basta apenas colocar mais trens em circulação. Ele afirma que o objetivo é reduzir o intervalo dos trens nos horários de pico, que é de dois minutos e quarenta segundos atualmente.

Fonte: G1, 26/02/2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima