Cinco viagens para fazer de trem pelo mundo

Quem ama viajar sabe que o trem pode ser apenas o meio de transporte de um destino ao outro ou a própria viagem. E são vários os percursos, em todos os continentes, que permitem ao turista apreciar o destino escolhido sem sair de um vagão.

1. Moscou – Vladivostok (Ásia)
O mais famoso desses trajetos é da Transiberiana, na Rússia. Da estação Yaroslavky, em Moscou, até Vladivostok, próximo da China e da Coreia do Norte, são quase 10 mil quilômetros em uma estrada de ferro. A viagem de trem mais famosa do mundo, atravessa, por sete dias, parte da Europa oriental e do continente asiático. Construído em 1916 pelos czares russos, o trajeto é ideal para quem quer conhecer diversas culturas, paisagens e regiões, em seis fusos horários diferentes.
2. Quito – costa de Durán (América Latina)
Na América Latina pode-se encontrar uma viagem de trem imperdível para quem quer mergulhar no universo mágico dos incas. O trem “Crucero”, no Equador, sobe 41 quilômetros na ingrime montanha Nariz del Diablo, da capital Quito até a costa de Durán. A viagem dura quatro dias e passa por 14 vulcões andinos.
3. Edimburgo – montanhas de Highland (Europa)
A Escócia também entra na lista com o luxuoso trem Royal Scotsman, que parte de Edimburgo e vai até as montanhas de Highland, atravessando paisagens de tirar o fôlego. Nos vagões, os funcionários entretêm os viajantes com histórias de cavaleiros e de antigas lendas. O passeio tem algumas paradas programadas, como visitas a castelos e muralhas, ao famoso Lago Ness e às melhores destilarias de whisky.
4. Trens Shinkansen no Japão (Ásia)
A linha de trens Shinkansen, no Japão, também é uma ótima opção para quem quer velocidade. Ela liga várias cidades japonesas com velocidades superiores a 300 km/h. O país também conta com um trem que liga Osaka a Tóquio, que atinge o recorde mundial de 581 km/h, graças à tecnologia de levitação magnética.
5. Cairo – Cidade do Cabo (África)
Já para quem procura luxo, conforto e paisagens exóticas, o Rovo Rail, na África, é ideal. O refinado e elegante trem, chamado também de “Pride of Africa”, é o mais caro do mundo. Com um serviço espetacular e uma cozinha de alta qualidade, a viagem vai do Cairo, no Egito, até a Cidade do Cabo, na África do Sul, passando pelas Cataratas Vitória e pelo deserto de Namíbia. O passeio também conta com tours guiados e safáris em todas as paradas.

Fonte: Folha de S. Paulo, 09/02/2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima