SuperVia recebe segundo treinamento do Batalhão de Ações com Cães (BAC) para atuação durante as Olimpíadas

Hoje, a SuperVia recebeu na Central do Brasil o Batalhão de Ações com Cães (BAC) para mais um treinamento especial com foco na atuação durante as Olimpíadas. Vinte e cinco policiais e seis cães participaram da atividade, que tem como objetivo encontrar explosivos nos trens e estações do sistema ferroviário.

Várias substâncias foram utilizadas para treinar o faro dos cães, como o TATP (Triperóxido de triacetona), um tipo de explosivo em pó, na cor branca, usado em ataques terroristas. Também estiveram presentes membros da força de elite da Polícia Francesa, a RAID (Unité de Recherche, Assistance, Intervention et Dissuasion), especialista em crises de segurança, como atos de terrorismo. A RAID tem acompanhado os treinamentos para avaliação e certificação dos cães. A atividade durou cinco horas e ocorreu em um trem sem passageiros, estacionado na plataforma da estação Central do Brasil. Em janeiro deste ano, o BAC já havia realizado seu primeiro treinamento na Central do Brasil.

Treinamento BAC cães na Central do Brasil - SuperVia - 24 maio 2016 (7)

Foto: SuperVia

A SuperVia será um dos principais meios de transporte do público durante os Jogos Olímpicos do Rio por contar com estações localizadas em pontos estratégicos para os locais das competições. Atualmente, cinco estações passam por obras de reformas para melhor atender o público, sendo elas São Cristóvão, Engenho de Dentro, Deodoro, Magalhães Bastos, Vila Militar. A estação Ricardo de Albuquerque foi concluída em fevereiro. A previsão da concessionária é que no período dos Jogos sejam ofertados 3 milhões de lugares nos trens diariamente em cerca de 1.600 viagens.?

Fonte: SuperVia, 25/05/2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima