VLT – Juíza decide sobre ação que pode adiar inauguração

Ficou para hoje (02) a decisão da juíza Cristiana Aparecida de Souza Santos, da 12ª Região Judiciária, sobre o pedido feito pelo Ministério Público Federal do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), que poderá adiar, mais uma vez, a inauguração do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

O MP-RJ moveu uma ação civil pública em que pede que a prefeitura, a CET-Rio, o Consórcio VLT Carioca e a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (CDURP) apresentem, em 30 dias, documentos técnicos que garantam a operação do meio de transporte com segurança e sinalização para pedestres, usuários e motoristas.

Ontem, promotores do Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (Gaema) participaram de uma audiência, à tarde, no Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), para expor os motivos do pedido de liminar. Representantes dos órgãos também estiveram presentes.
Fonte: Extra, 02/06/2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima