Fundos e Correios garantem participação no TAV

Correios, BB Banco de Investimentos S.A., Funcef, Petros e Caixa Econômica Federal (CEF) anunciaram que pretendem participar da licitação do Trem de Alta Velocidade brasileiro que ligará Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas. As cartas de intenções dos fundos foram disponibilizadas no site da ANTT .

O ofício da Empresa de Correios e Telégrafos diz que a empresa “intenciona” participar do projeto “através de associação com os vencedores das licitações”.

Já os fundos BB Banco de Investimentos S.A., Funcef, Petros e CEF anunciaram em conjunto que poderão em conjunto deter até 49% do capital social da Socidade de Propósitos Específicos (SPEs) ou holdings empreendedores do projeto. O interesse deles também em associação com os vencedores das licitações.

Após as informações divulgadas na semana passada que a entrega das propostas do TAV Rio-São Paulo-Campinas seria adiada, o diretor-geral da ANTT, Jorge Bastos, reafirmou que o recebimento das propostas acontecerá na Bovespa , em São Paulo, no dia 16 de agosto, entre 9h e 14h.  A ANTT avaliará as propostas e o leilão, com a abertura das propostas economicas qualificadas, está marcado para 19 de setembro, às 14h, também na Bovespa.

É esperada a participação de pelo menos dois consórcios, o francês SNCF/Alstom, que contratou o banco Morgan Stanley para apoia-lo, e o consórcio espanhol ,  com Renfe, Adif, Talgo, Bombardier Indra, Ineco e Invensys.

Clique nos links abaixo e leia as cartas na íntegra: http://www.revistaferroviaria.com.br/upload/carta_de_apoio_ao_equity_tav_funcef_petros_bbbi_cef.pdf http://www.revistaferroviaria.com.br/upload/carta_de_apoio_ao_equity_correios.pdf

Revista Ferroviária, 06/08/2013

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima