Estação ferroviária restaurada

Marco da história ferroviária de Andrelândia, no Sul de Minas, a antiga estação de trem da cidade foi totalmente restaurada e o seu entorno revitalizado, com a construção de uma praça e área de lazer. O prédio, que completou cem anos, abrigará instituições culturais da cidade.

As obras, inauguradas no dia 11 de julho, são resultado de um termo de compromisso celebrado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) com a Prefeitura de Andrelândia – com a interveniência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Superintendência de Patrimônio da União (SPU) – em de junho de 2010.

Pelo acordo, a SPU transferiu o bem para o município, que se encarregou da restauração do prédio e da revitalização do entorno. Também foi instalada iluminação pública e colocado circuito fechado de televisão em todo o conjunto ferroviário.

Com a execução das obras, o prédio, que estava abandonado, servirá como sede da biblioteca e do arquivo público municipais e do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural.

A estação ferroviária de Andrelândia foi inaugurada em 14 de junho de 1914, fazendo parte do ramal da Estrada de Ferro Oeste de Minas, que ligava Ribeirão Vermelho-MG a Barra Mansa-RJ.

O acordo foi assinado pelos promotores de Justiça Júlio César Teixeira Crivellari e Marcos Paulo de Souza Miranda; pelo prefeito de Andrelândia, Samuel Isac Fonseca; pelo gerente regional da SPU/MG, Rogério Veiga Aranha; pelo superintendente do Iphan, Leonardo Barreto de Oliveira; e pelo procurador federal Jamerson Vieira.

Fonte: Promotoria Estadual de Defesa de Patrimônio Cultural e Turístico de MG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima