Prioridade de Dilma, China será primeiro destino do novo chanceler

A primeira missão ao exterior do novo ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, será à China, onde participará nesta semana de uma conferência de países latino-americanos. Vieira estréia na arena internacional no país considerado politicamente estratégico para o governo, cujo mercado de 1,38 bilhão de pessoas é um dos alvos principais do Brasil.

De janeiro a junho de 2014, a China, maior parceiro comercial brasileiro, foi o destino de 21,6% das exportações nacionais, o dobro dos EUA, segundo colocado.

Para o novo chanceler, começar pela China é fruto de um coincidência, a realização do 1º Fórum China-Celac (Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos), em Pequim, nos dias 8 e 9. Será o primeiro encontro da associação criada no ano passado, em Cuba. É mais uma iniciativa de Pequim para estreitar os laços com a América Latina, onde já tem grande presença com investimentos e comércio.

No dia da posse, a presidente Dilma encontrou-se com o vice-presidente da China, Li Yuanchao, a quem afirmou que a parceria Estratégica com a China terá “tratamento prioritário” no segundo mandato. Dilma aplaudiu especificamente o interesse de empresas chinesas em investir em ferrovias no Brasil e considerou “promissor” o diálogo entre Brasil, Peru e China sobre a ferrovia Transcontinental.

Fonte: O Tempo, 05/01/2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima