Linha 3 ou BRT? Implantação do corredor expresso preocupa CE de Logística e Transporte

O compromisso inicial do Governo do Estado de licitar a obra da Linha 3 do metrô ligando Niterói a São Gonçalo pode dar lugar ao corredor expresso BRT. A alternativa mais econômica preocupa o Conselho Empresarial de Logística e Transporte da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), pois o projeto retiraria uma faixa de circulação da BR-101, rodovia federal marcada pela circulação de veículos pesados, como caminhões e ônibus.

Com mais de 1 milhão de habitantes, São Gonçalo é o segundo município mais populoso do estado, atrás apenas da capital, e a pouca oferta de emprego da região obriga os gonçalenses a saírem da cidade para trabalhar. “A região precisa efetivamente a médio e longo prazo de trilhos para transportar as pessoas que se deslocam de lá para o Rio diariamente para trabalhar”, avalia o presidente do CE de Logística e Transporte, Eduardo Rebuzzi.

A reunião do Conselho, no dia 17 de março, contou com a apresentação de palestra com o tema “Linha 3: trilhos ou pneus?” pela superintendente da Associação Nacional dos Transportes de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), Roberta Marchesi.

VLT deve funcionar no primeiro semestre de 2016

Com relação ao Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), previsto para ter a primeira fase em operação no primeiro semestre de 2016, e que vai circular pelas região Central e Portuária da cidade, Rebuzzi se diz otimista. O VLT seguirá os mesmos moldes do de Dubai, num sistema de circulação sem cabos, e com capacidade de transportar 300 mil pessoas por dia. Cada composição transporta até 420 passageiros. Durante a reunião, o diretor Comercial da Alstom Transporte – empresa responsável pela construção do VLT – Eric Farcette, apresentou o projeto para empresários e autoridades e destacou que o projeto é um sistema de transporte que tem o poder de proporcionar renovação ao ambiente urbano.

Fonte: ACRJ, 24/03/2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima