Trens da Linha 4 irão reforçar frota do sistema metroviário

O Governo do Rio de Janeiro colocou em operação, ontem, o 15º trem da Linha 4 do Metrô (Ipanema-Barra da Tijuca), que completa a frota de novos veículos comprados na China. A viagem inaugural partiu da Estação Estácio em direção à Pavuna. Sete dos trens da Linha 4 vão circular na Linha 2, substituindo composições antigas. Objetivo é dar mais conforto aos usuários e maior agilidade operacional ao sistema.

Com ar-condicionado 33% mais potente que os dos veículos antigos, os trens da Linha 4 seguem o mesmo projeto dos 19 que circulam pelo sistema desde 2012: seis carros com capacidade para 1,8 mil pessoas, passagem interna entre os vagões e câmeras de monitoramento interno.

“A partir de hoje, sete trens da Linha 4 passam a integrar a frota da Linha 2, que vai operar praticamente só com veículos novos. Isso vai permitir com que a gente atinja a meta de, até julho de 2016, revitalizar todos os 30 trens antigos do metrô, que passarão por manutenção principalmente no ar-condicionado”,  afirmou o secretário de Transportes, Carlos Roberto Osorio.

Com a chegada das 15 novas composições, a frota do metrô chega a 64 trens, um incremento de mais de 100% no número de veículos que operam no sistema em comparação ao ano de 2009, quando circulavam 30 composições.

Projeto de revitalização

Em paralelo, a concessionária segue com o projeto de revitalização dos 30 veículos mais antigos. Sete composições já passaram por revisão nos sistemas elétrico, de ar-condicionado, de portas e de propulsões, além de manutenções preventivas e corretivas e processos de pintura.

Operação Verão começa amanhã

Para atender o aumento de demanda aos sábados, domingos e feriados, devido ao início do verão e das férias, o MetrôRio inicia amanhã a Operação Verão. O planejamento especial, que vai até o dia 14 de fevereiro, consiste no reforço dos trens nos fins de semana e feriados, reduzindo os intervalos entre as viagens e aumentando em até 20% o número de lugares em relação à oferta usual.

“Essa operação vai perdurar até o fim do verão e valerá também no Réveillon e no Carnaval, períodos em que a cidade recebe muitos visitantes e também quando os moradores da Região Metropolitana se deslocam com maior frequência para as praias. Em poucas semanas, teremos a abertura oficial dos blocos, que causam grande impacto no trânsito.  Nossa ideia é fazer com que o metrô seja a melhor opção de transporte para se chegar às praias, à Lapa e aos pontos turísticos da cidade, seja na Zona Sul ou na região central”,  explicou o secretário de Transportes, Carlos Roberto Osorio.

A transferência entre as Linhas 1 e 2 durante esse período será feita na estação Estácio. Trens extras, posicionados estrategicamente, vão ser injetados no sistema de acordo com o aumento do fluxo de usuários.

Embarque especial

O embarque de bicicletas nas estações do Metrô nos finais de semana e feriados em qualquer horário está mantido. O usuário pode embarcar com a bicicleta também em dias úteis, após as 21h, no último carro de cada composição.

Fonte: JB Online, 18/12/2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima