SuperVia sofre quase 1 vandalismo por dia contra janelas dos trens

A SuperVia registrou 81 ocorrências envolvendo danos às janelas de trens de janeiro a março de 2016, ou seja, quase um caso por dia. Somente nesse primeiro trimestre, foi necessária a substituição de 90 janelas, danificadas por pedradas e outros objetos arremessados contra composições em movimento ou enquanto estão fora de operação durante a madrugada.

A SuperVia também tem registrado casos em que janelas são arrancadas das composições durante as viagens e jogadas na linha férrea. Quando os casos são identificados durante a circulação dos trens, agentes da concessionária fazem a inspeção na via. Nesse período, os agentes conseguiram recuperar os materiais em 20 das 81 ocorrências. Dos oito modelos de trens que sofreram danos, o novo trem chinês é um dos mais atingidos, tendo sido 19 vezes danificado. 

Os reparos das janelas já totalizam um prejuízo superior a R$ 11 mil, valor que poderia ser investido em melhorias no sistema ferroviário. Nesses casos, as composições precisam passar por reparos na oficina por cerca de dois dias, o que representa menos um trem em circulação. Muito além do prejuízo financeiro que estas ocorrências acarretam à empresa, o maior impacto é causado na vida dos passageiros, pois a circulação dos trens é afetada, impactando no deslocamento diário da população e, ainda, colocam em risco a vida de passageiros e funcionários.

Fonte: SuperVia, 04/04/2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima