SuperVia entrega estação da Vila Militar reformada

A SuperVia entregou nesta quarta-feira, totalmente reformada, a estação de trens da Vila Militar, na Zona Oeste, que faz parte do ramal Santa Cruz. A parada integra um pacote olímpico junto com outras cinco, cujo investimento total foi de R$ 250 milhões. Duas delas já haviam sido inaguradas. A de Ricardo de Albuquerque e Magalhães Bastos (em fevereiro e junho, respectivamente). Na próxima quarta-feira será a vez da do Engenho de Dentro. E, até o final do mês, as de São Cristóvão e Deodoro, ficam prontas.

A estação ganhou novos acessos por meio de rampas – uma ligada à Estrada São Pedro de Alcântara e outra fazendo a integração da estação do BRT), recuperação da fachada, ampliação do mezanino e das plataformas, instalação de elevadores para cadeirantes, cobertura metálica no mezanino e nas plataformas, nova iluminação em LED, piso tátil e dois banheiros. As catracas foram substituídas por um modelo mais moderno e ágil. Sua capacidade foi ampliada para 23 mil passageiros, por dia

O secretário estadual de transportes Rodrigo Vieira, que participou da solenidade de inauguração, ao lado do presidente da concessionária, José Carlos Prober, disse que a estação entregue ontem é estratégia para a Olimpíadas. Ela atenderá o público que for assistir as competições no Estádio de Deodoro, Arena da Juventude, Centro Aquático, Centro Olímpico de Tiro e Centro Olímpico de Hóquei.

— Ela (a estação) é estratégica para a Olimpíada e importante para a cidade. Está muito perto dos eventos olímpicos, mas vai ficar. Costumo dizer que é uma obra de legado, que trouxe acessibilidade e conforto, aumentando ainda mais a qualidade da prestação de serviço da SuperVia.

Para José Carlos Prober, presidente da SuperVia, a estação que era importante no início do século 20 para o embarque e desembarque de tropas, voltou a ocupar um lugar de destaque na cidade. Os usuários aprovaram a remodelação.

Fonte: O Globo, 07/07/2016

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima