VLT deve ter injeção de R$ 117,8 milhões

O governo planeja investir R$ 10,54 bilhões em 217 obras inacabadas no Estado do Rio até o fim do ano que vem, que terá eleições gerais. Nesta quinta-feira, será lançado o programa Avançar, com recurso previsto de R$ 130,97 bilhões para 7.439 projetos incompletos em todo o país. Devem ser retomadas obras como o VLT na área central e portuária, BRTs TransOceânica e TransBrasil, Minha Casa Minha Vida, Biblioteca Nacional e Museu de Belas Artes.

Para o Minha Casa Minha Vida no Estado – com valor total dos projetos estimado em R$ 2,5 bilhões -, está previsto um aporte de R$ 785,03 milhões. O VLT na área central e portuária deve ter injeção de R$ 117,8 milhões; a duplicação na BR 493, Manilha-Santa Guilhermina, R$ 153,61 milhões; os BRTs TransOceânica e TransBrasil, R$ 1,61 bilhão.

A área de petróleo e gás natural tem promessa de R$ 5,39 bilhões, em três projetos: Tartaruga Verde, Tartaruga Mestiça e Dutos Norte Rota 3. Também estão na lista obras nos aeroportos de Santos Dumont, Itaperuna, Resende e Macaé — este somente no sistema de pistas, sem contar o terminal —, com um montante de R$ 41,63 milhões.

O plano é aplicar R$ 107,46 milhões para restaurar a Biblioteca Nacional, Museu de Belas Artes, Palácio Gustavo Capanema e Museu do Trem, além de retomar nove Centro de Artes e Esportes Unificados em nove cidades.

O lançamento do Avançar vem após a derrubada de duas denúncias criminais contra o presidente Michel Temer pela Câmara. Os R$ 130,97 bilhões em âmbito nacional que serão anunciados nesta quinta-feira estão planejados para até o fim de 2018 — ano eleitoral, portanto.

As origens do total de verba para obras incompletas são as seguintes: R$ 42,15 bilhões do orçamento federal, R$ 29,91 bilhões do FGTS, e R$ 58,91 bilhões de empresas estatais, principalmente Petrobras. O governo também promete disponibilizar um site e um aplicativo para o Avançar, com vistas a divulgar o andamento das obras.

Fonte: O Globo, 09/11/2017

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima