Congresso terá que reavaliar vetos à Lei das Ferrovias

O Congresso “terá que rever” os vetos à Lei das Ferrovias, que Bolsonaro promulgou no final de 2021, para “corrigir itens sobre o compartilhamento de carga”, advertiu, em conversa com a coluna, o senador José Aníbal (PSDB-SP). Segundo o tucano, é preciso “evitar o uso especulativo de autorizações” e promover “a recuperação de ferrovias abandonadas”.

Em defesa do projeto aprovado, o Ministério da Infraestrutura alega que o objetivo da lei “é desburocratizar o setor” e que “foram vetados dispositivos que estabeleciam preferência para as concessionárias”. Até fevereiro, o País já contava com mais de 22 contratos assinados dentro do acordo com o novo marco regulatório.

Fonte: Estadão, 13/03/2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima