Grupos apresentam propostas para 65 trens da CPTM

Foi realizada nesta segunda-feira (20/05) a entrega das propostas da licitação para a compra de 65 novos trens da CPTM. Foram entregues três propostas pela CAF Brasil, CNR e o consórcio Hyundai Rotem-Iesa.  A Revista Ferroviária apurou que as propostas foram entregues, mas não foram abertas por conta de liminares que tramitam na justiça. A CPTM deve aguardar o desfecho desses pedidos para então publicar no Diário Oficial a convocação das empresas para a abertura das propostas.

Um desses pedidos deve ser o de adiamento da entrega das propostas feito pela indústria nacional. Através da Abifer, as indústrias dizem que a margem de preferência que as companhias do país dispõem – de preço até 20% acima da eventual oferta de empresas estrangeiras – será diluída no sistema de cobrança de impostos previsto no processo.

Segundo uma reportagem publicada no site da Abifer, as empresas associadas temem que, caso nenhuma delas vença o leilão, as encomendas da indústria brasileira não sejam suficientes para que o setor atinja a meta deste ano de entregar três mil vagões. Segundo a associação, as entregas de vagões chegaram a 1.064 unidades nos quatro primeiros meses deste ano.

No último adiamento, no dia 7 de dezembro,  foi entregue uma única proposta, que foi desclassificada, pelo consórcio Frota CPTM (CAF Brasil Indústria e Comércio e Alstom Brasil Energia e Transporte. A proposta era com valor acima do orçamento estimado. A CPTM não informou o valor da proposta apresentada pelo consórcio, mas a Revista Ferroviária apurou que o valor foi em torno de R$ 4,2 milhões por carro.

Fonte: Revista Ferroviária, 21/05/2013

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima