Execução dos projetos em transporte metroferroviário deve melhorar a mobilidade urbana no País

O Brasil necessita que sejam executados os projetos em transporte metroferroviário de passageiros para melhorar a mobilidade urbana em todo o seu território, acentuou Vicente Abate, diretor Comercial da Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), nesta quarta-feira (11), na 19ª Semana de Tecnologia Metroferroviária que acontece em São Paulo (SP).

O executivo apresentou no painel “como acelerar a implantação dos empreendimentos metroferroviários”, o panorama dos sistemas de transporte de passageiros sobre trilhos no País e os investimentos previstos para o segmento nos próximos cinco anos.

O diretor da ANPTrilhos afirmou que o número de passageiros transportados no sistema sobre trilhos aumentou 8% em 2012, mas a expansão da rede foi apenas de 3%. “Até 2018 a partir dos 24 projetos que estão bastante adiantados, esperamos dobrar a malha metroferroviária de passageiros, que deverá aumentar em mais 1.136 quilômetros”, ressaltou.

De acordo com o levantamento realizado pela ANPTrilhos no inicio deste ano, segundo Abate, estão previstos mais de 100 bilhões de reais para investimentos em 60 projetos do sistema sobre trilhos do País. “Nos próximos cincos anos os programas governamentais de investimentos financeiros devem gastar 2% do PIB (Produto Interno Bruto) em transportes, o que poderá prover uma estrutura eficiente para o Brasil e elevar a economia que vem caminhando em patamares muito baixos”, completou.

Fonte: ANP Trilhos – Brasília/DF – NOTICIA, 12/09/2013

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima