EMTU lança concurso “VLT na Sua Onda”

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) lançou o concurso “VLT na Sua Onda”. O objetivo do concurso é escolher a uma arte para o primeiro VLT que circulará no trecho Santos-São Vicente, na Baixada Santista.  Além de ter seu desenho no trem, o prêmio para o primeiro colocado será uma viagem a Valência, na Espanha, com um acompanhante, e uma visita na fábrica para conhecer o trem que será usado no trecho.

O consórcio Tremvia Santos, formado pelas empresas Trans Sistemas de Transportes (TTrans) e Vossloh Espanã, é o responsável pelo fornecimento de 22 VLTs para o projeto da Baixada Santista. Os VLT´s serão modelo Tramlink V4. Os três primeiros trens virão de Valência, na Espanha, e os outros 19 serão produzidos na fábrica da T’Trans, em Três Rios (RJ). O tema da arte deverá ser o mar. O concurso é aberto para todo o Brasil, as inscrições vão até 31 de outubro. Os interessados deverão se inscrever pelo site www.vltnasuaonda.com.br . Menores de 18 anos poderão participar, desde que representados por seus pais ou responsáveis legais.

Todos os trabalhos ficarão disponíveis no site do concurso de 8 à 17 de novembro para votação dos internautas, que escolherão os 20 melhores. Na segunda fase, os 20 selecionados passarão por uma avaliação da Comissão Julgadora formada por representantes da EMTU, das prefeituras de Santos e São Vicente, de artistas plásticos das duas cidades, do consórcio fabricante dos trens, do CONDEPHAAT – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico, entre outras instituições.

Para escolher o vencedor, a comissão levará em conta a criatividade, aderência ao tema, harmonia e originalidade. A divulgação do vencedor será feita através do site do concurso no dia 26 de novembro.

O VLT da Baixada Santista faz parte do Sistema Integrado Metropolitano (SIM).  O primeiro VLT deve ser entregue em maio de 2014. A entrega de todos os trens deve ser concluída até abril de 2015. A previsão de custo total é de R$ 284,3 milhões.

Os veículos começarão a operar em 2014 no trecho de 11 km entre Barreiros, em São Vicente, e o Terminal Porto, em Santos. Depois, eles serão usados na extensão de 6 km entre as Estações Conselheiro Nébias e Valongo, também em Santos.

Os VLTs terão 2,65 metros de largura por 44 metros de comprimento. Os veículos terão capacidade para 400 usuários e circularão com velocidade máxima de 80 km/h. Os VLTs serão equipados com ar condicionado e terão piso baixo.

A estilização de trens por usuários não é uma novidade no estado de São Paulo. A Bombardier também realizou, em 2012, um concurso com esses moldes para o primeiro trem do monotrilho da Linha 15-Prata de São Paulo. Com o nome “Tá Pintando um Novo Metrô” , o concurso teve como vencedor o artista plástico João Paulo Ferreira.

Fonte: Revista Ferroviária, 04/10/2013

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima