Queimados ganha polo ferroviário

Terminal Multimodal criará 1,3 mil empregos e ajudará a desafogar tráfego pesado no Rio

O Dia da Baixada Fluminense e do Ferroviário ontem foi marcado em Queimados pelo lançamento da pedra fundamental do primeiro Polo Multimodal do estado, que será referência na indústria Ferroviária e o mais avançado em tecnologia do Brasil.

Investimento de mais de R$ 240 milhões, o empreendimento, que deve começar a operar no segundo semestre de 2015, vai gerar 1,3 mil empregos diretos e indiretos. A obra deverá ser concluída em sua totalidade até 2017.

O Polo de Queimados será conectado ao Polo Multimodal de Mogi das Cruzes, permitindo a transferência de cargas entre o Rio e São Paulo.

Estrategicamente localizado entre os portos de Itaguaí e do Rio, o Polo Multimodal conta com uma área total de 656 mil m², a oito quilômetros da Rodovia Dutra e a dois do Arco Metropolitano.

A iniciativa surgiu da parceria entre MRS Logística, MTO Logística Multimodal e Cimento Tupi com o governo do estado e a prefeitura.

“É um novo ciclo de desenvolvimento da Baixada,do estado e do Brasil”, destacou o governador Luiz Fernando Pezão, ao anunciar que o governo irá construir uma alça de acesso ligando o Polo Multimodal ao Arco Metropolitano.” Esse polo consolida a Baixada como referência logística.

Vai impulsionar a nossa economia e mudará a história de nossa região”, disse o prefeito Max Rodrigues Lemos.

Com os terminais em plena operação (cerca de 120 mil contêineres), somente no trecho Rio-São Paulo estima-se a redução de 70% na emissão de gás carbônico. A opção pelo Transporte Ferroviário traz também a vantagem de desafogar o trânsito rodoviário e reduzir o número de acidentes nas estradas.Com600viagens anuais estimadas na primeira fase do terminal, pelo menos100milcaminhõesdeixarão de circular no período.

Fonte: O DIA – RJ, 01/05/2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima