Secretário de Transportes deixa cargo

O secretário Estadual de Transportes do Rio de Janeiro Carlos Osório não responde mais pelo cargo.

Secretário desde 2015, ele deixa o cargo em um momento crítico para a pasta, dois dias depois de ter sido publicada a notícia de que o prefeito Eduardo Paes alertou, em e-mail, o Comitê Olímpico Internacional sobre o risco de a Linha 4 do metrô não ficar pronta a tempo dos Jogos Olímpicos. Osorio, no entanto, nega que haja atrasos no cronograma da obra.
Osorio será substituído na secretaria por Rodrigo Vieira, presidente da Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (Suderj), e faz a transferência do cargo nesta segunda-feira. Ele volta para a Assembleia Legislativa do Rio, para onde foi eleito pelo PMDB, e se filia ao PSDB na quinta-feira, em Brasília, na presença do presidente do partido, Aécio Neves.

Quem é Rodrigo Vieira

Rodrigo Goulart de Oliveira Vieira é o presidente da Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (SUDERJ), autarquia vinculada à Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (SEELJE), responsável pela gestão dos equipamentos esportivos do Estado do Rio de Janeiro.
Na Secretaria de Estado da Casa Civil, atuou no período de 2007 a 2015, como assessor e, posteriormente, como subsecretário de Projetos Especiais, tendo sido responsável pela gestão de projetos, tais como os Jogos Olímpicos Rio 2016, a Linha 4 do Metrô, a Cidade da Polícia, o Maracanã Solar e a implantação do novo modelo de gestão de frotas de viaturas da segurança pública. Além disto, participou, desde 2007, do Programa Gestão por Resultados, que dotou o Governo do Estado de novas práticas gerenciais.
Com 18 anos de carreira, possui vivência profissional com ênfase em coordenação e desenvolvimento de projetos, empreendedorismo, negociação e gestão pública. Possui MBA Executivo com ênfase em Marketing (IBMEC), MBA em Empreendedorismo e Gestão de Novos Negócios (FGV) e, ainda graduação em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). É membro do Conselho de Governança da Autoridade Pública Olímpica (APO) e dos Conselhos de Administração da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro (IOERJ) e da Companhia Estadual de Transportes e Logística (CENTRAL).

 

Fontes:

Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude,

O Dia, 22/02/2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima