NT Expo – Negócio nos Trilhos tem saldo positivo

A 19ª edição da NT Expo – Negócios nos Trilhos ressaltou as perspectivas positivas em torno do setor metroferroviário no Brasil. Em três dias de evento foi registrada a circulação de 6.000 profissionais, que aproveitaram a ocasião para acompanhar as inovações apresentadas por marcas nacionais e internacionais e também a programação de conteúdo que discutiu durante o evento a potencialidade e as expectativas do setor para os próximos anos. A 20ª edição da NT Expo – Negócios nos Trilhos será realizada de 7 a 9 de novembro de 2017.

“Esta edição da NT Expo mostrou que o segmento metroferroviário está no rumo certo. O ambiente começa a ficar positivo e as empresas sentem a necessidade de voltar a fazer negócios e investir em inovação. As perspectivas de novas concessões e o reaquecimento da economia vão consolidar este cenário”, observa Jean-François Quentin, presidente da UBM Brazil, organizadora do evento.

O cenário de otimismo foi justificado com a sinalização dos avanços de projetos e as expectativas nos novos leilões e renovação de concessões. Já na cerimônia de abertura do evento o diretor geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo Bastos, anunciou que a audiência pública para discutir a renovação da concessão da malha ferroviária paulista operada pela Rumo será aberta na segunda quinzena de dezembro.

“A audiência pública terá um prazo de 45 dias para que o processo seja de total transparência. Estamos conversando com as concessionárias sobre os outros contratos. Tenho convicção de que 2017 será um grande ano para o setor ferroviário”, ressaltou Bastos.

Outra novidade foi revelada pela SuperVia, companhia responsável pelos trens urbanos da região metropolitana do Rio de Janeiro, que anunciou durante esta NT Expo que o projeto do shopping center da tradicional estação Central do Brasil será entregue em 2020. O empreendimento de R$ 300 milhões terá uma área 36 mil metros quadrados e um hotel três estrelas. O shopping center faz parte do projeto de revitalização da estação Central do Brasil, localizada no centro da capital carioca.

Perspectiva de retomada de negócios anima expositores

As inovações foram a aposta das empresas que participaram do evento para ampliar a presença no cada vez mais competitivo segmento metroferroviário. A Emiter lançou, por exemplo, o SAFE (Sensor de Aproximação Ferroviário), um sistema de proteção individual desenvolvido e fabricado em território nacional. “Aproveitamos a oportunidade de exposição na NT Expo para apresentar esta solução, que é novidade no Brasil”, observa Carlos Sanches, diretor de engenharia da empresa.

A Motorola Solutions aproveitou a feira para apresentar tecnologias voltadas para a prevenção de acidentes e a segurança de gestores e usuários de transportes nos trilhos. “A NT Expo é uma grande vitrine para a indústria ferroviária e uma oportunidade para reafirmar o posicionamento da Motorola Solutions como uma integradora de soluções de comunicação para os setores de transporte de cargas e passageiros”, diz Alexandre Giarola, diretor comercial da empresa.

Com forte presença nos mercados metroferroviários dos Estados Unidos (em especial Nova York) e Japão, a Fuji Eletric pretende ampliar a presença da marca neste segmento no Brasil. “Escolhemos a NT Expo para apresentar, pela primeira vez, nosso maquinário para portas e trens. Estamos introduzindo este produto no país e já nos cadastramos como fornecedores para os metrôs do Rio e São Paulo”, explicou o assistente administrativo Ricardo Rodrigues.

Cleber Maltez, gerente comercial da Voestalpine, destacou o ambiente de inovação que está marcando esta edição da NT Expo: “Nosso segmento é bem específico e usamos a feira como um ambiente agradável e propício para conversar com os clientes e apresentar nossas novidades. Nesta edição, por exemplo, trouxemos uma nova tendência para o mercado, que é uma nova tecnologia em desvios de trilhos, com acionamento através de máquinas hidráulicas, já utilizado no VLT de Cuiabá”.

Já a chilena Tapel Willamette participou desta edição no espaço empreendedor destacando o Spikefast, um produto químico para recuperar dormentes de madeira. “Tivemos um movimento intenso de potenciais parceiros no nosso estande, tanto que vamos participar da próxima edição da feira em um espaço com o dobro do tamanho. Vemos um potencial de crescimento do mercado brasileiro e vamos investir nisso”, disse o gerente de vendas da empresa, Sergio Rodas.

Conteúdo de qualidade marcou a edição do evento

Uma extensa programação de conteúdo marcou esta edição da NT Expo – Negócios nos Trilhos. Durante os três dias de evento, players e especialistas discutiram os principais temas e apresentaram palestras que envolvem os rumos do segmento metroferroviário em workshops, seminários, fórum de carreiras e no Espaço Inovação+Mobilidade, que apresentou uma programação de palestras técnicas voltadas para a evolução e eficiência do setor.

No seminário que discutiu os rumos do transporte de passageiros sobre trilhos, promovido pela Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), Joubert Flores, presidente do conselho da Associação, destacou o quarto ano da parceria entre a ANPTrilhos e a feira, um dos principais eventos do setor metroferroviário nacional. “Temos o propósito de discutir a ampliação do modal em áreas nos quais o metrô tem mais perspectiva de se desenvolver. Sabemos que este é um momento de desafios, mas temos que desenhar os projetos com regras claras para quando o dinheiro aparecer”.

Também em pauta na programação de conteúdo, a ampliação da participação da iniciativa privada nos empreendimentos metroferroviários foi apontada como o grande desafio do segmento, segundo lideranças empresariais. Para o presidente da ViaQuatro, Harald Peter Zwetkoff, as empresas têm condições, além da celeridade na aplicação de recursos com menos burocracia, de serem parceiras do Estado na busca por soluções para questões envolvendo a mobilidade urbana. “Enquanto as operadoras investem em oferecer um serviço eficiente, o poder público deve ter a coragem de atrair o usuário para o transporte público, a exemplo do que ocorreu em Londres, que passou a cobrar mais de quem não adere ao sistema”, observa Zwetkoff.

O diretor-presidente da Companhia do Metrô de São Paulo, Paulo Menezes Figueiredo, frisou a importância de atrair outros tipos de atividades para dentro do sistema metroferroviário. “Temos cinco shoppings instalados em nossa estrutura que colaboram para que nossa arrecadação acessória anual seja de R$ 170 milhões. Temos capacidade para fomentar novos investimentos e triplicar esse volume. São 4,5 milhões de pessoas passando pelo nosso sistema diariamente”, afirmou.

Outro tema reservado para os painéis e conferências desta edição da NT foi as oportunidades e desafios para a atração de investimentos privados no setor. Para o diretor-presidente do banco JP Morgan Brasil, José Berenguer, os recursos privados sempre buscarão as opções mais atraentes em termos de rentabilidade. “Existe um gap importante de investimentos em infraestrutura em geral, mas o mercado privado precisa de mais incentivos para investir. O BNDES vem diminuindo e mudando o perfil da sua atuação e o mercado demanda opções realmente atraentes para alocar recursos”, disse.

“Durante os três dias de evento tivemos uma combinação muito produtiva entre o networking e a geração de negócios entre as empresas presentes e a contextualização do atual cenário da indústria metroferroviária, com a formulação de diretrizes para o fomento de investimentos. É um momento de muita expectativa para os players, pois com a renovação dos contratos de concessões e os novos leilões que estão programados, um ciclo de investimentos deve oxigenar o mercado. Este sentimento de otimismo, mesmo que ponderado, pode ser testemunhado aqui, na NT Expo. Vários expositores renovaram participação na edição do ano que vem, reafirmando a confiança no potencial dessa indústria”, avaliou o gerente da NT Expo, Ricardo Barbosa.

Sobre a NT Expo – 19ª Negócios nos Trilhos 2016 – www.ntexpo.com.br/pt/

Um dos mais exclusivos encontros de negócios do setor de transporte metroferroviário da América Latina, a NT Expo reúne toda a cadeia de fornecedores, formadores de opinião e os principais players dos segmentos de carga e passageiro, nacionais e internacionais. O evento consolidou-se como plataforma de geração de negócios, networking e melhores práticas. Em 2015, a NT Expo reuniu cerca de 230 marcas e atraiu por volta de 9.000 profissionais do setor. Em 2016, o evento aconteceu de 08 a 10 de novembro, das 13 às 20 horas, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP).

Fonte: NT EXPO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima